Edições: Edição 74 - Maio de 2020

Comércio mundial tende a se recuperar

 Em 2019, o comércio mundial diminuiu 9% para 44,1 Mt contra 48,5 Mt em 2018. Para 2020, as projeções indicam um aumento em 2,2% para 45,1 Mt. Porém, as interrupções nas cadeias de suprimentos, devido à pandemia de covid-19, poderiam reduzir as projeções. Em 2019, os principais importadores asiáticos, exceto Filipinas, reduziram demandas. Em contraste, […]Leia mais

Sob controle

Pesquisa mostra que arroz, dentre os grãos, é a cultura que menos usa defensivos.  A demanda de defensivos agrícolas em diferentes culturas do agronegócio brasileiro foi objeto de estudo recente dos professores José Otávio Machado Menten e Lourival Carmo Monaco Neto, ambos docentes da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” da Universidade de São […]Leia mais

A hora é essa

Com os EUA fora do mercado, Brasil e o Mercosul podem avançar posições na região .  Enquanto semeia a sua próxima safra até o final de maio e tem apenas estoques residuais e em mínimo volume para vender, os Estados Unidos estão abrindo um flanco para que o Mercosul fortaleça suas posições exportadoras nas Américas, […]Leia mais

Menos ingrediente ativo por hectare

 A análise realizada pela Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq/USP) considerou o tipo de defensivo demandado em cada uma das culturas analisadas. Em termos de toxicidade, especialmente para os seres humanos, há uma significativa diferença entre as classes de defensivos, de forma que, em linhas gerais os herbicidas são os menos tóxicos, seguidos […]Leia mais

Menor área, maior produção

 Os quatro países do Mercosul – ainda que a Argentina tenha se afastado das negociações de um tratado com a Europa sob protestos de seu setor produtivo – enxugaram a área plantada com arroz na temporada 2019/20, mas terão uma produção maior do que esperado. A área arrozeira nos quatro países, segundo seus organismos oficiais, […]Leia mais

Equívocos construíram um mito

 O estudo desenvolvido pelos professores da Escola Superior de Agronomia Luiz de Queiroz (Esalq/USP) José Otávio Machado Menten e Lourival Carmo Monaco Neto, demonstra que a demanda de defensivos agrícolas é corretamente expressa quando é calculada através da quantidade de ingrediente ativo, a molécula que de fato tem ação, por unidade de área ou quantidade […]Leia mais

Fora do quadro

Produção, consumo e também exportações mudam cenário nacional .  É cedo para mensurar o impacto da covid-19 e da safra acima do esperado no quadro de oferta e demanda de arroz no Brasil, mas algumas tendências podem ser elencadas. A primeira delas é o aumento da produção, que pode passar de 10,9 milhões de toneladas […]Leia mais

Guia da qualidade

Com repercussão mundial, gaúchos lançam livro sobre o futuro da qualidade do arroz .  O debate científico global sobre o futuro da qualidade do arroz e o enfoque de qualidade aliada à produtividade não é o mesmo desde fevereiro deste ano. Uma publicação de iniciativa gaúcha trouxe novas luzes à discussão e antecipou tendências na […]Leia mais

Receba nossa newsletter