Edições: Edição 76 - Novembro de 2020

Certeza na renda, incógnita na colheita

 Dizer que o ano de 2020 foi atípico é chover no molhado. Importante, agora, é poder definir os parâmetros que influenciarão nos preços e na comercialização em 2021/22. O mundo já não é mais o mesmo, o patamar de preços ao longo da cadeia produtiva mudou, o Mercosul terá os menores estoques de sua história, […]Leia mais

Produção mundial deve mostrar recuperação

Pós pandemia, o mundo produzirá mais arroz e aumentará seus estoques O primeiro impacto da pandemia de Covid-19 na produção mundial de arroz já era prevista: quase a totalidade dos países produtores aumentará a área, produção e investirá em tecnologias para ampliar a produtividade e seus estoques de segurança. Claro que nem todos terão as […]Leia mais

Gente

 O presidente Após 29 anos, desligou-se da presidência da Federação das Cooperativas Arrozeiras do Rio Grande do Sul (Fearroz) o cooperativista André Barretto. Ele é associado à Cooperativa Agroindustrial Rio Pardo (Coparroz), vice-presidente e fundador da Associação Brasileira da Indústria do Arroz e dirigiu a Câmara Setorial do Arroz, o que o fez ser considerado […]Leia mais

No arroz não há espaço para aventureiros

Aos 78 anos, o bacharel em Direito e cooperativista André Barretto encerrou quase três décadas na presidência da Federação das Cooperativas de Arroz do RS (Fearroz) como um dos protagonistas desta cadeia produtiva, em novembro. Ingressou na atividade rural em 1976, com soja e arroz, em Rio Pardo (RS). Foi dirigente da Cooperativa Agrícola Rio […]Leia mais

Ponto de impacto

 Mercosul pode produzir menos sob La Niña e manter os preços altos Determinante em todas as safras, na atual temporada o clima será especialmente responsável pelo abastecimento de arroz e soja em terras baixas no Mercosul e também a formação de preços. Isso porque se espera, nas regiões arrozeiras do Sul do Continente, volume de […]Leia mais

Esperança é a última que morre

 A chegada tardia das chuvas da primavera atrasou novos plantios de soja. Em rios importantes, a falta de água tem dificultado o transporte e a irrigação. No caso do arroz, a safra 2019/20 apresentou falta de água já no fim do ciclo em algumas regiões, mas a maior preocupação é a recomposição dos mananciais, ainda […]Leia mais

Contra tudo e contra todos

A luta dos arrozeiros argentinos para se manterem competitivos Se no Mercosul boa parte dos produtores lutam contra as incertezas do clima, alta carga tributária, preços de insumos, pragas, invasoras e superação tecnológica, na Argentina há muito mais obstáculos. “O setor aspira, em curto-médio prazo, lograr a sua recomposição após uma crise que deixou centenas […]Leia mais

Limite inferior

 Sem água, Uruguai não recupera toda a sua área semeada Os arrozeiros uruguaios não conseguiram semear toda a área que pretendiam na safra 2020/21, segundo o presidente da Associação de Cultivadores de Arroz (ACA), Alfredo Lago. “Além dos estoques baixos, que não nos permitiram tirar proveito com melhores rendimentos frente à grande demanda na temporada […]Leia mais

Receba nossa newsletter