Os fatores que levaram o RS a novo recorde de produtividade

 Os fatores que levaram o RS a novo recorde de produtividade

Colheita cheia teve ajuda do clima e da tecnologia. FOTO: André Matos/Irga

Diretor comercial da instituição, João Batista Gomes atribui esse resultado a uma série de fatores: profissionalismo dos produtores, uso de tecnologia, plantio em épocas adequadas, rotação de culturas e o clima.

Alexandre Velho, presidente da Federação das Associações de Arrozeiros do RS (Federarroz), reforça a o peso da conscientização do produtor em alternar os cultivos do cereal com a soja, no verão, e as pastagens de inverno. Esse sistema tem feito a produtividade melhorar “ano a ano”:

— Traz um benefício muito grande no sistema, porque ajuda a fixar nitrogênio. Aumentando a produtividade tanto do arroz quanto da soja.

O volume total produzido pelo Estado na safra 2020/2021, 8,52 milhões de toneladas, é o quarto no ranking das melhores colheitas. Mesmo com a produtividade recorde, a área da cultura vem diminuindo, o que explica essa diferença entre as duas medidas.

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

Receba nossa newsletter