Outono-Inverno/2021 transcorrerá sob Neutralidade climática

 Outono-Inverno/2021 transcorrerá sob Neutralidade climática

Figura 1: Previsão probabilística de consenso do International Research Institute for Climate and Society (CPC/IRI), atualizada no início de abril de 2021. As barras em azul significam probabilidade de La Niña, as cinzas de Neutralidade e as vermelhas de El Niño. Fonte: Adaptado de IRI (Columbia University).

A safra 2020/2021 teve a influência do fenômeno climático La Niña, que reduziu o volume e a frequência das precipitações no estado do Rio Grande do Sul (RS), principalmente no período da primavera/2020. Agora, durante o outono/2021, o Oceano Pacífico entrou em fase de transição, da La Niña para a fase Neutra. Como a fase é de transição, e os efeitos da La Niña perduram por mais algum tempo, os efeitos nas precipitações ainda deverão ser observados nos próximos meses, com menor frequência e volume, de um modo geral.

A previsão para o período do inverno/2021 é de Neutralidade climática (Figura 1). No entanto, como a atmosfera ainda responderá como La Niña, por mais algum tempo, a previsão é de chuvas abaixo da média para maio, junho e julho, no RS. Com relação às temperaturas, com a tendência de uma atmosfera mais seca, espera-se que se tenham dias com temperaturas mais amenas, ou seja, mais frio de madrugada e temperaturas que sobem no período da tarde, gerando maior amplitude térmica.

Para a metade sul do RS, o modelo climático do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) prevê que maio terá precipitação entre 10 e 50 mm abaixo da normal. Para junho, as precipitações ficariam dentro da normal climatológica. E, para julho, o modelo do INMET volta a prever precipitações abaixo da média na maioria das regiões do RS, com exceção das áreas de fronteira com o Uruguai, onde o modelo prevê chuva dentro da normal.

Já o modelo CFSv2 (Climate Forecast System), da NOAA (National Oceanic and Atmospheric Administration), prevê que as precipitações fiquem dentro do normal em maio, na metade sul do RS. Para junho e julho, este modelo prevê chuva abaixo da normal, entre -30 e -60 mm, na metade sul do Estado. Para agosto, o modelo prevê chuva dentro do normal em todo o RS.

Para a próxima safra, as probabilidades indicam que se terá La Niña, novamente, ou fase Neutra (Figura 1). É importante ressaltar que, segundo a própria NOAA, as previsões de tendência do ENOS (El Niño-Oscilação Sul), simuladas no período do outono, têm baixa confiabilidade. Com isso, para se ter previsões mais assertivas, deve-se acompanhar as projeções a partir do mês de junho.

Diante do prognóstico para o outono-inverno/2021, o produtor deve ter atenção à semeadura e ao estabelecimento adequado das coberturas de solo ou para pastejo, visto a irregularidade das chuvas. Além disso, os reservatórios de água para a próxima safra de arroz estão com os níveis baixos e, assim continuarão, se não chover bem no período do inverno e da primavera.

Jossana Ceolin Cera
Agrometeorologista e consultora do IRGA

Postagens relacionadas

Deixe um comentário

Receba nossa newsletter